A sua companhia me faz mal

Limite o tempo que você gasta com as pessoas que não fazem você se sentir bem

À medida que crescemos, nossos relacionamentos com outras pessoas também mudam. Às vezes os relacionamentos crescem com a gente, às vezes eles não. Às vezes passamos tempo com as pessoas e não gostamos muito, não parece uma escolha, mas uma obrigação. Às vezes, não sabemos como dizer”não” e, assim, nos inclinamos para nos ajustarmos as necessidades dos outros. Tente priorizar o tempo gasto com aqueles com quem você gosta de passar tempo. Aqueles que você absolutamente escolheria ver, estar, conversar e festejar. Pratique dizendo “não” também. Não é fácil, mas fica mais fácil com o tempo.

Nosso pensamento sobre a mensagem:

Essa mensagem de reflexão sobre relacionamentos, mostra o quanto é difícil dizer não para as pessoas. E mostra também o quanto é necessário se impor e fazer somente o que quer. Pois ter companhias que te fazem mal, é uma das piores coisas que podem acontecer. Isso porque você vai se tornar uma pessoa triste e desmotivada. Portanto, escolha só o que te faz bem.

Mensagem sobre amor próprio:Me diziam que tenho que ter amor próprio. Que tinha que olhar no espelho e achar a minha barriga linda, ainda que ela não fosse "negativa". Que ao ouvir críticas, não tinha que me importar com a opinião dos outros. E tantas outras coisas que me diziam.Mas ainda assim, eu me importava com a opinião alheia. Eu me sentia inferior, porque a minha barriga "dobrava", quando eu sentava. Por muito tempo, eu lutei comigo mesma, para conseguir ter amor próprio. Enquanto isso, eu continuava contando as calorias, escolhendo as roupas pelo "poder" que elas tinham de me fazer parecer mais magra. E chorando escondida, toda vez que alguém criticava meu cabelo, meu corpo ou as minhas roupas.Mas em uma manhã de Sol, tudo mudou. Naquele dia, estava muito calor. Olhei pela minha varanda do 10º andar, que tem vista para a piscina do condomínio. Mesmo morando ali há meses, eu nunca olhava atentamente para este local, pois achava que não era para mim. Como assim, eu ficaria de biquíni perto de outra pessoas, que estariam perto de mim, ou olhando de suas janelas. Mas naquela manhã ensolarada, pela primeira vez, eu olhei com atenção para a piscina.O que vi? Cinco jovens mulheres posando para uma foto, no melhor estilo "entre amigas". Elas estavam de biquini mostrando toda a sua naturalidade. Os quilos a mais, se comparados aos corpos das capas de revistas, parecia não incomodá-las em nada. Elas riam e se divertiam enquanto tiravam fotos. Também vi uma criança. Era um menino, de aproximadamente 8 anos de idade. Que sorriso bonito ele tinha. ele estava em uma cadeira de rodas, e ali na beira da piscina, tomava um Sol. Também vi homens com as famosas "barrigas de chopp", mergulhando naquela água azul.Uma sensação de alegria me invadiu, mas logo deu lugar à raiva de mim mesmo. Por quê eu perdi tanta vida, "escondendo" a minha barriga, as celulites, as estrias e tudo que me fez prisioneira de mim mesmo? Mas eu não tinha tempo para refletir, Pois não tinha mais tempo à perder.Sai da varanda, e com lágrimas nos olhos vesti um biquini, coloquei uma camiseta e um short. E fui. Fui cheia de mim, cheia de vontade, cheia de vida para viver. Quando cheguei na piscina, senti a vergonha me podar. Foi quando ouvi uma voz conhecida. Era a minha vizinha de porta. Sempre nos esbarrávamos no elevador. Ela gritou: Tem uma cadeira aqui vizinha.Eu fui. Sentei e fiquei só de biquíni. Sorri. Levantei da cadeira. Senti a flacidez sacudir as minhas coxas, e não me importei. Mergulhei. Molhei meu cabelo que havia escovado no dia anterior, e amei. Saí da água. Percebi um olhar em minha direção, e pensei: Meu Deus, e eu com essa barriga de fora, e as minhas estrias na coxa, meu bumbum que está bem longe da nuca... E gritei por dentro, brigando comigo mesma, por essa neurose sem sentido. Respirei fundo. Segui andando . Comecei à me sentir atraente e bonita.E nessa manhã de Sol tudo mudou. Descobri que o amor-próprio traz sensações inimagináveis, e vivências únicas. Mas agora, tenho que tomar um banho e colocar meu melhor perfume. É que o cara que estava na piscina, me convidou para sair. Ele vai me apresentar a melhor massa da região, segundo ele.Ah! Descobri também, que quando a gente se ama, tudo flui. E com a alma leve, o mundo não tem como resistir à nós.E me amei. E fui feliz. E renasci!  Encontre você também o amor próprio! 
Texto copiado! Agora você pode colar onde quiser.