Carta de uma ex amante

Carta de uma ex amante para o cara errado

Por onde começar? Pensei mil vezes antes de sentar nesta cadeira e teclar cada letra, que dão vida à carta de uma ex amante.

Sei que escrevo porque quero. Afinal, nem sei se algum dia você tentou me procurar. Será que em alguma fração de segundo, você cogitou a hipótese de tentar me encontrar? Já que quando eu terminei com você, eu desapareci do seu radar.

Sabe, é difícil admitir pra mim mesma, que estou aqui dedicando o meu tempo para escrever uma carta de uma ex amante.

Será que tudo o que aconteceu, não me serviu de lição, para que eu nunca mais dedicasse nem meio minuto da minha vida, para você?

Mas aqui estou, e vim te contar que você até pode achar que eu sumi após o término do nosso caso. Mas não, eu sempre estive por perto.

Mesmo não me vendo, eu te via.

Em todo esse tempo em que não estivemos mais presentes, um na vida do outro, eu te observei de longe, eu acessei quase que diariamente as suas redes sociais. Ai como eu era grata por você nunca ter privado o seu perfil.

Que tipo de louca eu sou hein?! Eu via as suas fotos e as fotos da sua família. Isso na verdade, nunca me causou tristeza, pois sinceramente eu nunca nutri um amor profundo por você… Mas não me entenda mal, eu te quis!

Te quis de verdade! Eu desejava ter os seus beijos, os seus abraços e as nossas conversas descontraídas, que traziam mais leveza para os meus dias.

Eu gostei de você e me arrisco até a dizer que, por algum momento, posso ter me apaixonado. Possivelmente uma paixão platônica, que algum tempo após o rompimento do nosso caso, ela se dissolveu. Talvez por não ter sido alimentada, essa paixão se foi com o tempo.

Creio que neste momento, você deve estar se perguntando: Porque ela resolveu me escrever essa carta de uma ex amante?

E eu te respondo meu querido, ou melhor, meu ex querido: Passou!

E sabe porque passou? Porque nunca foi um sentimento real e profundo. Pode-se dizer que eu estava carente, precisando de um amigo para conversar e talvez me distrair da minha vida atribulada. Mas volto a dizer: Passou!

Passou porque ser sua amante, no fim só me trouxe uma sensação de vazio. Ou melhor dizendo, não foi só no final, foi durante, logo após aquelas primeiras semanas de encantamento.

Aliás, tem um outro motivo que também faz, com que eu escreva esta carta de uma ex amante: Eu vi o quanto eu estava errada e o quanto o seu interesse em mim era vazio e sujo.

Aqui estou eu, longe de ser santa, cheia de erros. Mas eu não menti para você, nunca mesmo!

Já faz um tempo que não te vejo mais todos os dias. Na verdade, quase não me lembro de te olhar. E isso me traz uma sensação maravilhosa, principalmente quando olho e vejo que o homem que eu enganei continua ao meu lado.

Ele continua me amando, me desejando e me fazendo tão feliz.

Hoje agradeço à Deus por ele, de alguma forma, ter colocado em mim a vontade de terminar a relação que tínhamos. Que por sinal, estava fadada ao fracasso.

Sigo feliz e cada vez mais consciente dos meus sentimentos. E quanto a nós? Nunca vai existir um “nós”.

Receba esta carta de despedida, ou melhor, a carta de uma ex amante. Saiba que a partir deste momento, eu não vou te ver mais, nem de longe e nem de perto. Mas apesar de ter sido um engano, te desejo toda a felicidade do mundo ao lado de sua família.

Carta de uma ex amante para um ex cara!

Att.
Sua ex amante.

Autoria do conteúdo: Site Viver em Frases - Regras para uso comercial

Nosso pensamento sobre a mensagem:

Esta carta de uma ex amante mostra o quanto este tipo de relação, pode causar dor e uma enorme sensação de vazio. Pois no fim, só resta a solidão. Trata-se de uma mulher que era comprometida, e se apaixonou por um cara casado. Afinal, é difícil controlar os impulsos e o que se sente. Esta carta também mostra que por traz do estereótipo de uma amante, vive uma pessoa com sentimentos e que também sofre. E que ao contrário do que muitos dizem, é apenas mais uma pessoa em busca da própria felicidade.

Esta carta sobre indiferença é pra dizer que a sua indiferença me machuca.Talvez você não saiba, mas é tão fácil ter o que quiser de mim. A minha atenção, o meu carinho, os meus cuidados e o meu desejo. É tão fácil me agradar. Juro, não precisa de muito, pois há apenas uma coisa que faz com que eu me apaixone mais e mais, a cada dia. Essa "coisa" se chama atenção.E eu sei o quanto é difícil pra você. É a minha conversa que é chata pra você. Me diga, você me acha desinteressante? Ás vezes acho que sim. Mas se essa é a questão, porque ainda está comigo, se nunca te prendi? Pois tudo o que fiz, foi incentivar a sua felicidade, através da realização dos seus sonhos.Ah, como a sua indiferença me machuca. Me machuca a ponto de eu querer ir, toda vez que você corta a minha frase pela metade. Ou quando, nitidamente, em seu semblante está estampado a vontade, de que eu pare de dividir o que sinto com você.Você parece não gostar de nenhum dos meus assuntos, de nenhum dos meus interesses ou de absolutamente nada que eu exponha pra você.Você não percebe que o seu comportamento nos distancia, tornando os diálogos excassos em nossa relação.Você realmente parece não saber o quanto a sua indiferença me machuca e me afasta de você. E talvez me afaste a tal ponto, de eu não querer mais ficar. Talvez o desinteressante passe à ser você. Esta carta sobre indiferença é para que saiba o mal que me faz Lembre-se que amanhã pode ser tarde demais. Talvez eu já não esteja dedicando o meu tempo para te escrever. Talvez para mim, seja insuportável esse sentimento de indiferença.Talvez eu só vá... E o mais triste é que talvez você nem perceba. 
Texto copiado! Agora você pode colar onde quiser.