Eu escolhi de perdoar

Carta Eu escolhi te perdoar

Antes de tudo, preciso dizer que escrevo porque eu escolhi de perdoar. Talvez você nunca leia essa carta, nunca veja essas frases unidas para traduzir o que se passa em mim. Mas escrever cada palavra, faz eu me sentir mais leve e até mais próxima à você.

Estava refletindo sobre nós e sobre tudo o que vivemos juntos. Não havia apenas sorrisos e um friozinho gostoso na barriga. Não eram só momentos de carinho e uma enorme vontade de estar juntos.

Na verdade, era um carrossel de emoções. Algumas vezes você me fazia um bem tão grande, enquanto que em outras vezes, você me fazia sentir raiva e vontade de ir embora.

Mas ir para onde? Se independente de onde eu estivesse, você estaria ali, pois você não estava ao meu lado, você vivia em mim.

Você morava nos meus pensamentos, nos meus desejos e também em meu coração.

Não sei dizer o tamanho do meu sentimento por você, porque era verdadeiro, honesto e puro.

Mas desde que dizemos adeus um para o outro, eu nem sei mais o que sinto por você. Só sei que você não sái da minha cabeça e fico imaginando o dia em que vou te ver novamente, em que poderei tornar real tudo o que imagino.

Será que esse dia vai chegar? Parece tão longe e distante de qualquer possibilidade viável.

Será que você pensa em mim, com a mesma frequência e intensidade que eu penso em você?

Será que você quer me ver, me beijar, me tocar e ver como fica o meu sorriso bobo e apaixonado por você?

Não sei. Mas o que eu sei, é que apesar dos sentimentos ruins que você me fez sentir, eu escolhi de perdoar com o meu coração.

Escolho não lembrar mais de sua indiferença, das suas mentiras e do seu “jeito superior”.

Escolho guardar na minha memória e no mais profundo do meu coração, apenas aquilo que você tem de bom.

E se um dia, em algum lugar, a gente se encontrar, ainda que os nossos lábios permaneçam separados, eu te olharei com carinho, de quem não guarda mágoa. E de quem só sabe te querer o bem!

Sim, eu escolhi te perdoar!

Autoria do conteúdo: Site Viver em Frases - Regras para uso comercial

Nosso pensamento sobre a mensagem:

E afinal, o que fazer quando o amor que sentimos é tão grande, que não conseguimos nutrir um sentimento ruim, pela pessoa que faz o nosso coração disparar e o corpo arrepiar? Essa carta foi escrita por alguém que amou e preferiu guardar em si, apenas os bons momentos, já que ela escolheu perdoar.

Texto copiado! Agora você pode colar onde quiser.