Me culpo por ter acreditado

Mensagem de decepção no amor
Não te culpo por você ser quem é. Me culpo por ter acreditado, que você era diferente

Mensagem de decepção no amor:

E mesmo com todos os sinais, eu não percebi.
Na verdade, eu até percebi, mas não queria acreditar.
Na hora, eu sentia raiva e vontade de terminar a nossa história.

Mas logo, você vinha com uma desculpa qualquer.
Um motivo inventado.
E eu boba, mesmo sem acreditar, acabava por esquecer.
Pois você era um perigo, com toda a sua lábia,
que me despertava raiva e paixão, sem parar.

Mentia, me enganava.
E por mais triste que eu ficasse,
eu sempre voltava para você.
E nessa situação permaneci por tempos.

Tentei sair da nossa relação.
Me despedi de você, e disse que eu precisava me afastar,
para me curar desse vício que era te amar.
Mas não durou nem uma semana.
Logo, eu “esbarrei” com você, e depois de um Oi despretencioso,
todo aquele furacão voltou para as nossas vidas.

Você me dizendo para ficar.
e eu sem vontade de lutar. Lutar contra esse vício.
E pensando, como iria viver sem essa paixão que nos prendia um ao outro?!
Como lidar com a abstinência que eu sentiria de você?!

E mais uma vez, não deu certo.
Você novamente mentia e me enganava.
E essa relação que já começou errada,
quando terminou, eu já estava totalmente aniquilada.

Entre lágrimas, tristeza e dor.
Te falei: Acabou!
E para me deixar ainda mais arrasada,
pude perceber um certo alívio em você.

E mesmo depois de tudo, ás vezes ainda me pego pensando em “nós”.
Mas fique tranquilo. Não tenho raiva de você.
Nem por um momento, eu te culpo por você ser quem é.
Eu é que me culpo por ter acreditado, que você era diferente.

 

Compartilhe essa mensagem de decepção no amor!

 

Autoria do conteúdo: Site Viver em Frases - Regras para uso comercial

Nosso pensamento sobre a mensagem:

Essa imagem nos faz refletir, sobre como nos iludimos quando estamos apaixonados. A imagem com mensagem de decepção no amor, retrata a triste realidade dos que amam, mas não recebem o amor verdadeiro. Em muitas das vezes, a pessoa demonstra através de suas atitudes, quem ela realmente é. Mas é difícil perceber isso, ou por estar “cego de amor”, ou por não querer enxergar os fatos. Compartilhe essa mensagem de decepção no amor. Quem sabe assim, a pessoa que tanto te feriu, possa refletir e perceber o mal que te fez.

Quando lhe encontrei pela 1º vez, meu coração bateu mais forte. Quando os meus olhos encontraram os seus, senti algo diferente.Ao seu lado, tudo tinha mais vida, tudo era mágico. Você chegou de mansinho, mas arrebatou meu coração.Fiquei sem ação. Não podia controlar meus sentimentos. Talvez eu tenha posto tudo à perder, mas não era a minha intenção. Me deixei levar pela emoção, pois tinha a certeza que era você.Era você! Me declarei. Coloquei meu coração em suas mãos. Vivi a sua vida. Sonhei os seus sonhos. Comprei as suas brigas. Pois eu tinha a certeza que era você!Você me passava uma segurança, me sentia protegida. Pensava até no nosso futuro. Eu digo "nosso" porque a minha vida dependia da sua vida.Por mais que eu quisesse, eu não podia arrancar esse amor de dentro de mim. Era mais forte que tudo nesse mundo. Eu não tinha medo do nosso amor.Não tinha medo de te amar. Eu tinha a certeza de que tudo ia dar certo. Mas hoje, vejo que me enganei. Somente eu amava. Você, na verdade, tinha pena de mim.No dia em que você pediu um tempo, o mundo desabou sobre mim. Tudo que eu queria era acordar daquele pesadelo. Mas o dia mais triste, foi quando eu descobri a sua verdadeira face, e tudo veio à tona.Sua mentiras, suas traições... Fui enganada, traída, humilhada... E mesmo assim, não consigo te odiar. Pois meu coração só aprendeu à te amar.Compartilhe essa mensagem de desilução no amor! 
Esta carta sobre indiferença é pra dizer que a sua indiferença me machuca.Talvez você não saiba, mas é tão fácil ter o que quiser de mim. A minha atenção, o meu carinho, os meus cuidados e o meu desejo. É tão fácil me agradar. Juro, não precisa de muito, pois há apenas uma coisa que faz com que eu me apaixone mais e mais, a cada dia. Essa "coisa" se chama atenção.E eu sei o quanto é difícil pra você. É a minha conversa que é chata pra você. Me diga, você me acha desinteressante? Ás vezes acho que sim. Mas se essa é a questão, porque ainda está comigo, se nunca te prendi? Pois tudo o que fiz, foi incentivar a sua felicidade, através da realização dos seus sonhos.Ah, como a sua indiferença me machuca. Me machuca a ponto de eu querer ir, toda vez que você corta a minha frase pela metade. Ou quando, nitidamente, em seu semblante está estampado a vontade, de que eu pare de dividir o que sinto com você.Você parece não gostar de nenhum dos meus assuntos, de nenhum dos meus interesses ou de absolutamente nada que eu exponha pra você.Você não percebe que o seu comportamento nos distancia, tornando os diálogos excassos em nossa relação.Você realmente parece não saber o quanto a sua indiferença me machuca e me afasta de você. E talvez me afaste a tal ponto, de eu não querer mais ficar. Talvez o desinteressante passe à ser você. Esta carta sobre indiferença é para que saiba o mal que me faz Lembre-se que amanhã pode ser tarde demais. Talvez eu já não esteja dedicando o meu tempo para te escrever. Talvez para mim, seja insuportável esse sentimento de indiferença.Talvez eu só vá... E o mais triste é que talvez você nem perceba. 
"A indiferença no amor que me fere, tem o mesmo sabor da sua triste vida de mentira"Você me ama ou ama me possuir? Possuir os meus pensamentos e os meus desejos.Você me ama ou ama se sentir no poder? Sentir que consegue me enganar, me iludir e ainda assim me fazer continuar te procurando.Até quando você vai brincar de me amar? Quer que eu acredite quando diz que eu sou a melhor coisa que te aconteceu nos últimos tempos? Quer que eu acredite que eu torno os seus dias mais felizes? Que sente a minha falta e que eu não posso ir, porque a vida é muito ruim sem mim?E eu caí nas suas palavras, mesmo quando muitas de suas atitudes, me mostravam que você não era aquele cara que eu pensava ser.Sabe, eu me pergunto o porquê eu teimava em acreditar, eu teimava em me apaixonar por você.Mas tudo o que não é verdadeiro acaba. E assim aconteceu.Eu não estava predestinada à você. Mas só por isso precisava ser daquele jeito?Sentir a sua indiferença foi pior que ouvir todas as suas mentiras, e hoje quando te vejo de longe, só observo as suas mesmas mentiras. A única diferença é que elas não são mais pra mim.Me diz, porque você faz isso? Porque você ilude e depois descarta sem o menor sofrimento. Em você não há sentimentos?A sua indiferença me feriu profundamente, mas ainda assim não sinto raiva de você. O que sinto tem outro nome, e se chama pena.Pena da sua vida que não passa de uma mentira. E mais pena ainda da pessoa que, hoje, você ilude, e que talvez não faça idéia de quem você realmente é.A sua indiferença matou o que eu sintia por você. E que bom que isso aconteceu, pois qualquer sofrimento é melhor do que viver uma fantasia.O amor é real, não é fantasioso.
Escrevo esse texto sobre indiferença no amor, para tentar diminuir um pouco a tristeza que sinto no coração.Lidar com a sua indiferença tem sido muito difícil pra mim.Desabafar, abrir o meu coração, ou falar sobre algo pelo qual você não se interessa, ou não quer conversar... E receber apenas o seu silêncio como resposta, é algo devastador.E é exatamente assim que eu me sinto: Devastada.Mas pior que isso, é você fingir que nada está acontecendo, e agir naturalmente. Por mais que você veja as minhas expressões de tristeza, de dor, de raiva ou descontentamento, você finge que tudo está normal entre nós.Preciso te dizer uma coisa: Não está normal! Não está nada bem entre nós!Para você, conviver comigo está difícil? Ouvir um desabafo meu (depois de eu ter ficado muito tempo sem desabafar com você) está acabando com o seu dia?Sinto muito, se é isso que estou provocando em você. Não queria ser um "peso" na sua vida.Ou melhor dizendo, eu não me considero um estorvo pra você. Muito pelo contrário. Eu sou uma pessoa positiva, eu trabalho com entusiasmo, eu compartilho dos seus sonhos, e sou muito batalhadora.E você não consegue nem ouvir, algo que sáia do meu coração, algo íntimo, que eu nunca abriria para mais ninguém?Ok. É um direito seu me ignorar, é um direito seu agir com total indiferença comigo, é um direito seu não me "aguentar" mais.O que me resta é tentar não sofrer tanto com isso. O que me resta é me tornar uma pessoa auto suficiente, que não precisa da sua aprovação para nada,  que não precisa da sua atenção.Eu sei que eu sou cheia de defeitos, assim como você também é. Mas eu realmente não consigo agir como você, que finge que está tudo bem.Eu não consigo ser indiferente a você, e muito menos agir com ingratidão.E como dói a ingratidão no amor. Está me deixando feridas profundas. Talvez elas cicatrizem, ou talvez seja tarde demais.Gostou desse texto sobre indiferença no amor? Então envie para quem está fazendo você sofrere, ou compartilhe no Facebook para jogar uma indireta. 
Texto copiado! Agora você pode colar onde quiser.