Não sou palhaço

Dessa vez, você foi longe demais.
Não estou no mundo, para fazer papel de palhaço.
Você se julga a pessoa mais esperta do mundo,
e fica pensando que todos os outros são estúpidos,
mas as coisas não são bem assim.

Pois bem, fique com a sua arrogância,
com a sua mania de grandeza.
Continue subestimando quem você quiser,
mas esqueça que eu existo,
porque eu já estou cansada da sua conversa
de que agora em diante as coisas vão mudar.

Digo isso, porque a sua última atitude em relação
a mim, foi ridícula.
Não vou nem perder tempo em dizer qual foi,
porque você sabe muito bem o que fez,
e eu tenho até vergonha de repetir (até mesmo escrever)
algo tão desrespeitoso,
quanto este que você protagonizou.

Por isso, não me procure mais, em situação alguma.
Lamento muito,
mas lamento muito mais, o tempo que perdi com você.
Até nunca mais!

Não sou palhaço

 

Autoria do conteúdo: Site Viver em Frases - Regras para uso comercial

Nosso pensamento sobre a mensagem:

É muito triste quando amamos uma pessoa, e em troca, recebemos ingratidão e deslealdade. Esta carta é um desabafo de alguém que se decepcionou muito com o (a) parceiro (a). Tem o tom de raiva e descontentamento, mas mostra também que é necessário ter amor-próprio, e saber a hora de deixar esse amor para trás.

Esta carta sobre indiferença é pra dizer que a sua indiferença me machuca.Talvez você não saiba, mas é tão fácil ter o que quiser de mim. A minha atenção, o meu carinho, os meus cuidados e o meu desejo. É tão fácil me agradar. Juro, não precisa de muito, pois há apenas uma coisa que faz com que eu me apaixone mais e mais, a cada dia. Essa "coisa" se chama atenção.E eu sei o quanto é difícil pra você. É a minha conversa que é chata pra você. Me diga, você me acha desinteressante? Ás vezes acho que sim. Mas se essa é a questão, porque ainda está comigo, se nunca te prendi? Pois tudo o que fiz, foi incentivar a sua felicidade, através da realização dos seus sonhos.Ah, como a sua indiferença me machuca. Me machuca a ponto de eu querer ir, toda vez que você corta a minha frase pela metade. Ou quando, nitidamente, em seu semblante está estampado a vontade, de que eu pare de dividir o que sinto com você.Você parece não gostar de nenhum dos meus assuntos, de nenhum dos meus interesses ou de absolutamente nada que eu exponha pra você.Você não percebe que o seu comportamento nos distancia, tornando os diálogos excassos em nossa relação.Você realmente parece não saber o quanto a sua indiferença me machuca e me afasta de você. E talvez me afaste a tal ponto, de eu não querer mais ficar. Talvez o desinteressante passe à ser você. Esta carta sobre indiferença é para que saiba o mal que me faz Lembre-se que amanhã pode ser tarde demais. Talvez eu já não esteja dedicando o meu tempo para te escrever. Talvez para mim, seja insuportável esse sentimento de indiferença.Talvez eu só vá... E o mais triste é que talvez você nem perceba. 
Texto copiado! Agora você pode colar onde quiser.